sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Skate Park


JSD/Faial entende que Parque da Alagoa não é a melhor opção


A juventude social-democrata faialense não concorda com a implementação de um skate-park no Parque da Alagoa. Nas palavras do seu presidente, Hugo Rombeiro, este espaço é “o pulmão da nossa cidade e não deve ser alvo de obras que impliquem mais betão”. O líder da JSD/Faial convocou os jornalistas para uma conferência de imprensa junto à obra, na passada semana, para explicar no terreno as razões que levam a juventude laranja a repudiar esta obra camarária.

Rombeiro frisa que a JSD não está contra esta infra-estrutura, apenas não concorda com a sua localização. “Pensamos que a Escola Secundária Manuel de Arriaga seria a melhor opção”, entende.

O presidente da JSD/Faial lembrou que esta já se tinha manifestado contra a obra no Conselho Municipal da Juventude, e salientou que a construção do skate-park foi iniciada mesmo antes de ir a reunião de Câmara.

Além disso, para a JSD/Faial, a estrutura de betão apresentada “é desactualizada e monótona”, tendo em conta que actualmente este tipo de infra-estruturas é levado a cabo com materiais movíveis, que permitam modificar rampas a dinamizar os circuitos, e não em betão.

A juventude laranja entende ainda que a realização desta obra nesta altura “não passa de um acto eleitoralista”.


FOTO: SUSANA GARCIA

2 comentários:

Alvaro disse...

"a estrutura de betão apresentada “é desactualizada e monótona”, tendo em conta que actualmente este tipo de infra-estruturas é levado a cabo com materiais movíveis, que permitam modificar rampas a dinamizar os circuitos, e não em betão."

bem, não percebo como é que alguem que não percebe nada acerca da modalidade em questão pode fazer um comentario destes.
Cada vez se tende mais em acabar com os skate parks de madeira ao ar livre, sendo assim cada vez mais estao a aparecer obras como esta por todo o país... todos nós (praticantes) sabemos que para um municipio esta é sem duvida a melhor opçao, visto um skate park de madeira precisar de muita manutenção especialmente se ficasse situado a beira mar como é o caso...
nao me vou alargar muito no comentario ate porque nota-se claramente que o artigo do sr. Hugo Rombeiro tem por base as politiquices do costume!
sou descolorado em relacao a politica, mas sou cidadao activo no meu papel e como cidadao da horta e praticante de skateboard a 9 anos aprovo plenamente o sitio escolhido para o parque e a grande qualidade do projecto feito pelo sr. arquitecto Francisco Lopes que por sua vez é praticante de sakte a mais de 20 anos tendo no seu curriculo varios titulos de campeao nacional da modalidade, quem melhor do que ele para saber como fazer um skate park!?
“é desactualizada e monótona”
ahaha...

nuno disse...

sim...esse "senhor" se fosse mas é plantar batatas e estivesse caladinho era o que fazia melhor... lá diz o ditado, "quem não sabe não faz" e este senhor devia ter isso em consideração e não falar do que não sabe.
Parabens pela excelente obra e pelo excelente skatepark que têm. Quem nos dera a nós skaters do Porto ter um assim.